Imi Lichtenfeld

Imrich ("Imi") Lichtenfeld Sde-Or nasceu em  Budapeste/Império austro-húngaro, 26 de Maio de 1910  e  faleceu em Netânia/Israel em 9 de janeiro de 1998.

Viveu em Bratislava .Filho de Samuel Lichtenfeld ,chefe e instrutor de defesa pessoal e imobilização do serviço secreto Eslovaco,foi educado no desporto em natação,ginástica e artes marciais . Com 13 anos se juntou a um circo, em 1928 ganhou o campeonato para jovens de luta greco-romana da Checoslováquia, Em 1929 foi campeão em adultos de pesos ligeiro e médio e também foi campeão de boxe e ganhou medalhas em competições nacionais e internacionais.Nos anos pós 1936, lutou contra o anti-semitismo e, como líder, atuou em missões de alto risco. A sua observação que os métodos de luta pessoal não eram para uma guerra de guerrilha, começou a criar os principais princípios que dariam origem à luta Kav Magá .

Em Outubro de 1940, teve de se retirar de Bratislava na última embarcação, de nome Pentcho (ex-italiano Stefano) ,

 

Pentcho,uma balsa de navegação fluvial,fundo plano,a vapor e roda de pás...nunca para utilização no mar!

 uma balsa fluvial adaptada à retirada que conseguiu percorrer Danúbio e atravessar o Mediterrâneo (510 judeus numa viagem que durou 4 anos!) para seguir para a Palestina (é citado no livro de John Birman "A Odisséia",publicado por Simon & Shuster,New York, 1984) .

 

Foi uma viagem cheia de acontecimentos: no delta na Romênia,o navio ficou de quarentena por falta de visto de navegação,, com a correspondente falta de alimentação para os embarcados (ninguém se poderia aproximar do navio) em que Imi salvou náufragos, bagagens e até um essencial saco de comida (na descida do Danúbio levou o navio 4 meses,sendo as provisões ainda de Bratislava), frente às águas geladas do Danúbio. Como conseqüência de salvar uma criança, Imi sofreu grave otite, quase o matando. Alem disso,perto das ilhas gregas de Kamilanisi, o tanque de pressão da balsa explodiu e  ele e outros 4 companheiros, durante 4 dias consecutivos,se esforçaram para acudir à situação.Atingiu Istambul e Piraeus até chegar a Aegean.

O navio escapou das minas magnéticas e as suspensas devido ao seu casco de madeira e plano,sem quilha; foi desviado de Creta por fortes vendavais que o fizeram virar sendo resgatado por um navio italiano e todos internados no campo de Ferramonti, exceto... : no 5º dia do naufrágio, um navio de guerra britânico salvou de um salva-vidas 5 sobreviventes, incluindo Imi, e os levou para Alexandria/Egito, onde Imi, devido ao seu estado de saúde critico, foi operado por várias vezes.


Recuperou e logo se alistou no exército Checo,adjunto ao exército britânico, combatendo na Líbia, Síria, Líbano e Egito.
Em 1942 regressou à vida de civil, obtendo autorização de seguir para Israel onde se radicou.
Dos 3 grupos existentes de defesa, - Haganah, Hetzel e Lehi - contra os ataques de fedainim (bandos de criminosos árabes armados ), escolheu o 1º, Haganah (exército rebelde judaico),sendo apresentado por amigos seus do tempo de Bratislava a Yitzhak Sadeh,chefe da organização.Este o nomeou responsável pela preparação física e luta pessoal dos grupos de elite. Também foi instrutor da Palmah, especialmente os "P.A.L.I.A.M.", núcleo das futuras Forças Armadas Israelitas.


Depois de 1948, independência de Israel, Imi se alistou no "Tzahal" sendo instrutor-chefe de preparação física e de Krav Magá, este ensino 1º no Exército, depois adotado pelas forças armadas e mais tarde alargado (1964)  à sociedade civil e policial, quando se desmilitarizou.Assim criou 2 centros de treino, em Tel - Aviv e Natanya.

 

Nunca deixou de ser assessor e conselheiro das Forças de Defesa de Israel (TZAVÁ HAGANÁ LE ISRAEL), alem de encontros e seminários e até instrutor de Krav Magá a faixas pretas.Seu valor foi reconhecido pelo Chefe de Estado Maior da Forças Armadas em carta oficial de Honra ao Mérito como o único e mais alto responsável pelo êxito da capacidade de luta que soube transmitir aos militares israelitas.Também o ministro da Educação e Cultura agradeceu, valorizou e apoiou a ação de Imi junto à juventude israelita em todas as escolas,atribuindo-lhe "mérito azul e branco" (termo usado para quem honrou o País).Yitzhak Rabin,1º ministro, definiu por escrito que Imi Lichtenfeld é sinônimo de "tornar um soldado ou comandante israelense capaz" pelo sucesso de muitas operações do Tzahal.

 Frases do criador do Krav Maga 

”Resposta simples e natural para situação complicada.”

 

   

 

   

”Faça: mas faça certo.”

 

  

 

“Seja bom o suficiente para evitar o conflito.”

 

    

”Reaja na proporção da necessidade.”

”Mínimo de movimento de defesa contra máximo movimento de ataque.”

"Não quero ser o melhor instrutor, quero ter os melhores alunos"

Gilson Santos

Responsabilidade Social

amor sem limites.png

KRAV MAGA -  KMGRU / Defesa Pessoal Israelense

CNPJ 22.264.721/0001-41

Avenida Doutor Timóteo Penteado, 3722 - 1° andar - Vila Galvão - Guarulhos - SP 07061-002
Tel: (11) 96162-2839 - WhatsApp   /  Email: kravmaga@kmgru.com.br

 

"Seja bom o suficiente

para evitar o conflito"

Imi Lichtenfeld